Blog da Twygo
Treinamento e Desenvolvimento (T&D)
Publicado 26/09/2019
Por Kátia

“Fulano é do setor de marketing, ciclano é da equipe de gestão de pessoas”, você já ouviu isso? Sabia que apesar de haver esses departamentos nas empresas, nem todos eles podem ser considerados equipes de verdade?

Muitas “equipes” são chamadas assim, mas, na prática, são apenas grupos de pessoas que desempenham atividades parecidas, que não tem a unidade e um objetivo em comum para serem considerados uma equipe, de fato.

Se você quiser descobrir como desenvolver sua equipe para ter pessoas comprometidas com seu trabalho em conjunto e que tragam bons resultados para a empresa, siga lendo esse post!

Vamos te explicar os benefícios de desenvolver equipes e te ensinar como fazer isso com 6 práticas. Aproveite:

 

O que é desenvolvimento de equipes?

Desenvolvimento de equipes é uma série de estratégias combinadas que o líder de um grupo usa para elevar a maturidade das pessoas e assim melhorar o trabalho desempenhado por elas.

Em outras palavras, podemos dizer que é o processo de transformar um grupo de pessoas em uma equipe de verdade, fazendo elas enxergarem um objetivo em comum e trabalhar juntas a favor disso.

Investir no desenvolvimento de equipes gera equipes maduras, autônomas, com alto desempenho e feita de pessoas que colaboram umas com as outras em vez de competir.

Estágios do desenvolvimento de equipe

O professor e psicólogo Bruce Tuckman, desenvolveu, em 1965, uma teria sobre os estágios que toda a equipe passa para evoluir de um grupo para um verdadeiro time.

É preciso ter em mente esses estágios para que você consiga identificar em qual deles sua equipe está e trabalhar para que ela alcance a boa performance. São eles:

Formação

Nesse estágio, o grupo começou a ser formado e as pessoas inda estão se conhecendo.

Confrontamento

Aqui é quando surgem os desentendimentos e conflitos. Isso pode ocorrer pela personalidade, forma de trabalhar ou outros motivos, mas o importante é que esse estágio revela quais questões precisam ser superadas para que o trabalho flua.

Normatização

Nesse momento os colaboradores passam a respeitar suas diferenças, resolver os conflitos e a trabalhar em unidade.

Performance

O estágio máximo dessa evolução é a performance. Você percebe que sua equipe está nele quando as pessoas estão trabalhando com bom desempenho, em harmonia e sendo capazes de resolver seus conflitos de forma autônoma.

Adiamento

 

Essa etapa se refere ao caso de uma pessoa entrar ou sair da equipe. Nessa situação é preciso começar o desenvolvimento da equipe do início porque a equipe precisa estar 100% alinhada sem um colaborador ou com mais um.

Confira os benefícios de investir no desenvolvimento de equipes:

Benefícios em investir no desenvolvimento de equipes

Benefícios de investir no desenvolvimento de equipes

Aumento no engajamento do time

Com o desenvolvimento de colaboradores, você permite que esses profissionais se tornem mais capacitados para realizar suas atividades, e encontrem maior realização profissional.

Isso gera engajamento nas pessoas, o que ocasiona em melhora na produtividade e qualidade das entregas.

Melhora na qualificação dos profissionais

Equipes bem desenvolvidas geram profissionais mais qualificados nas mais diversas áreas: soft skills, visão de carreira, entendimento de grupo, fluxo interno de processos, espírito de liderança etc..

Formação de líderes e equipes autônomas

 

O processo de desenvolvimento constante de colaboradores propicia a formação de novos líderes e, melhor, de equipes autônomas que dispensam a necessidade de líderes autocráticos.

Quando falamos sobre desenvolver uma equipe, é necessário entender que isso vai além de um simples treinamento para desempenhar determinada atividade. A seguir, vamos te dar 6 dicas para desenvolver sua equipe. Confira:

6 práticas para desenvolver sua equipe

1. Estabeleça missão e propósito

Toda empresa tem uma missão e um propósito claros. Se você entrar no site de qualquer marca, vai encontrar uma aba que explica o que a empresa faz, qual a função dela e por que ela existe. Essa missão é o que guia as ações da organização.

Isso funciona da mesma forma nas equipes. É preciso que o líder explique a missão geral da equipe, evitando que as pessoas se percam em suas tarefas menores e não tenham a visão do todo. Isso traz unidade a equipe.

2. Faça Gestão do Conhecimento

A gestão do conhecimento é um conjunto de práticas que busca tornar comum o conhecimento entre os colaboradores.
Essa prática evita que eles fiquem presos a funções únicas e, também, que essas funções só possam ser desempenhadas por eles.

Assim, caso um colaborador se ausente ou se desligue da empresa, outros podem ficar encarregados de suas atividades.

E-book gestão por competências

3. Incentive a participação de todos

Se você quiser trazer boas ideias e práticas para a sua equipe, além de incentivar a colaboração, precisa antes de tudo enfatizar que todos os membros são importantes para atingir o objetivo.

Fazendo isso, você frisa a importância de todos darem o melhor de si em suas atividades, de se oferecerem para ajudar os colegas e sugerir novas ideias.

4. Dê feedbacks construtivos

Os feedbacks servem tanto para ajudar o colaborador a perceber o que ele está fazendo de errado, quanto para incentivá-lo em momentos bons.

Então se tiver feedbacks negativos, opte por fazê-los individualmente e sempre visando o papel desse colaborador no objetivo final da equipe.

Mas também não deixe de elogiar e recompensar as pessoas quando bons resultados vierem como aumento da qualidade, metas cumpridas e desempenhos significativos.

5. Construa uma universidade corporativa

Grandes empresas têm turbinado o seu crescimento e aumentado seu valor no mercado por meio das universidades corporativas. Elas são instituições de ensino situadas dentro da própria empresa, com o objetivo de capacitar os colaboradores e gerar valor para a organização.

E-book Universidade Corporativa

6. Aplique treinamentos

Os treinamentos são iniciativas de curto prazo que desenvolvem o colaborador em certos aspectos. Eles podem servis tanto na área comportamental (soft skills) quanto na parte técnica (hard skills).

Eles podem ser feitos presencialmente ou por meio de plataformas EAD, que facilitam o acesso ao treinamento, podendo ser feito por qualquer colaborador, a qualquer hora, em qualquer lugar.

7. Jogos corporativos

Se você quiser aprender a desenvolver seus colaboradores e, em consequência, sua equipe de forma mais descontraída e leve, utilize jogos corporativos. Com eles, você desenvolve competências sem precisar depender longos treinamentos.

Aqui nesse webinar nós te ensinamos a aplicá-los na sua equipe. Para assistir basta clicar no banner!

Jogos corporativos webinar cta

Conheça o LMS da Twygo

Desenvolva seu ambiente de treinamentos e cursos no mesmo dia. Crie sua conta e comece grátis!